quarta, 22 de julho de 2020 - 11:52h
Grupo Técnico do Projeto Bio-Plateaux encerra ciclo de reuniões sobre a bacia do Rio Oiapoque
O encontro reuniu instituições do Amapá e da Guiana Francesa para compartilhar informações que ajude na conservação dos recursos hídricos e na biodiversidade aquática na bacia do rio Oiapoque.
Por: Leidiane Lamarão
Foto: Leidiane Lamarão

Criado com o objetivo de aprofundar a discussão em torno de temas relevantes para contribuir com informações sobre os recursos hídricos e a biodiversidade aquática da bacia do Rio Oiapoque, o Grupo Técnico de Trabalho do Projeto Bio-Plateaux- Oiapoque realizou nos dias 20 e 21 uma maratona de oficinas por meio de videocoferência, para que Instituições da Guiana Francesa e do Amapá apresentassem dados e estudos sobre temas como hidrometeorologia, monitoramento ambiental e contaminação das águas do Rio Oiapoque e, instrumentos de gestão de recursos hídricos com enfoque no litoral costeiro.

Na abertura do evento, segunda-feira, 20, a Diretora-Presidente da Agência Amapá, Tânia Maria parabenizou a equipe pela retomada das atividades, reforçou a união das instituições amapaenses para o alinhamento e compartilhamento das informações quanto a biodiversidade da bacia hidrográfica do rio Oiapoque e a importância do Projeto Bio-Plateaux para a conservação da bacia do Rio.

Dentro do tema “hidrometeorologia” as equipes do Comando do Corpo de Bombeiros Militar e do Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Estado do Amapá (IEPA) apresentaram as ações de monitoramento climático e de prevenção realizadas pelas instituições e também, os serviços de apoio no período das enchentes como as ocorridas recentemente em Oiapoque.

No tema monitoramento ambiental, as informações foram compartilhadas por pesquisadores do Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Estado do Amapá (IEPA) e também, pelo Escritório das Águas da Guiana Francesa.

Já o tema Instrumentos de Gestão de Recursos Hídricos com enfoque na área costeira foi abordado pela Coordenadora de Recursos Hídricos da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (SEMA) e pelo Escritório das Águas da Guiana Francesa.

“Conseguimos aprofundar os debates e acredito que o Projeto Bio-Plateaux pode dar uma grande contribuição para região. Que esse trabalho traga bons frutos, tanto para o Amapá quanto para a Guiana francesa” declarou o coordenador do projeto pela Agência Amapá, Wagner Costa.

As sugestões e resoluções pensadas ao longo do ciclo de reuniões serão, agora, reunidas em um documento que também servirá de base para alimentar um portal na web com informações sobre a bacia do rio Oiapoque.

O projeto BIO-PLATEAUX tem como objetivo construir um observatório transfronteiriço que ajude na conservação dos recursos hídricos e na biodiversidade aquática nas bacias dos rios Oiapoque e Maroni que separam a Guiana Francesa, respectivamente, do Brasil e do Suriname.

O Projeto é liderado pelo “Office International de l’Eau” (OIEau) e o Escritório de Água da Guiana (OEG), em parceria com a Universidade Anton de Kom do Suriname (AdeKUS) e a Agência Amapá. Financiado pelo PCIA com a coordenação da “Collectivité Territoriale de Guyane” (CTG).

 

IMAGENS RELACIONADAS
  • Bio-Plateaux
  • Bio-Plateaux
NEWSLETTER

Receba nossas notícias em seu e-mail ou celular.

AP - Agência Amapá
Av. Cônego Domingos Maltês, 916, Trem CEP 68901-050 – Macapá / AP – Brasil (96) 98414-1005 - (96) 2101-5800 - gabinete@ageamapa.ap.gov.br
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2017 - 2020 Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá