quarta, 21 de novembro de 2018 - 12:44h
Cooperativa dos Produtores Agroextrativistas do Bailique é certificada com o Selo Amapá
Com a certificação, as empresas elevam seus status a níveis de produtos diferenciados e mais competitivos no mercado mundial.
Por: Leidiane Lamarão
Foto: SECOM-GEA
O Selo Amapá identifica e promove a valorização dos bens produzidos no âmbito do Estado do Amapá

O Governo do Estado, por meio da Agência de Desenvolvimento Econômico do Amapá realizou no dia 19 de outubro, a entrega do Selo de origem, Selo Amapá- Produtos do Meio do Mundo à Cooperativa dos Produtores Agroextrativistas do Bailique - Amazonbai. O evento ocorreu na sala no empreendedor, na Agência Amapá.

O Selo Amapá identifica e promove a valorização dos bens produzidos no âmbito do Estado do Amapá, especialmente, àqueles produzidos com incentivos da Zona Franca Verde, fortalecendo ainda mais, as características de cada região do Estado, sejam ambientais, sociais, culturais, econômicas ou históricas.

Hoje, o Estado já ultrapassa a marca de 50 empresas certificadas. A autorização de uso do Selo tem possibilitado também, a geração de emprego e renda nas produções industriais locais.

Com a certificação, as empresas elevam seus status a níveis de produtos diferenciados e mais competitivos no mercado mundial.

Ao receber o certificado, o cooperado da AmazonBai, Antônio Luiz Cordeiro, destacou que apesar das dificuldades, o reconhecimento do Selo é mais um passo em busca das expectativas que a cooperativa tem que é colocar o açaí amapaense no mercado nacional e internacional. “Com este Selo, garantimos mais prestígio perante o mercado e, certamente, abrirá muitas portas no mercado. Pois, o que buscamos é melhorar a vida de cada cooperado”, frisou.

A Cooperativa dos Produtores Agroextrativistas do Bailique também já está com a Casa do Açaí, em Macapá. O espaço é da própria AmazonBai e foi providenciada com o objetivo de seguir todos os procedimentos exigidos pelos órgãos de controle que vai, desde a colheita na floresta (feita no Bailique), passando pelo transporte em câmaras frigoríficas até a capital Macapá (12hs de viagem), encerrando com a produção do vinho e da polpa. Todas as estratégias são usadas para garantir a qualidade do açaí e dar maior rentabilidade ao cooperado, que não mais negocia com os chamados atravessadores.

Para o Diretor de Desenvolvimento Setorial e Regional, Joselito Abrantes, a certificação do Estado à Amazonbai “é uma grande satisfação, pelo importante trabalho desenvolvido pela cooperativa que beneficia não só moradores de Bailique, mas também, toda a população amapaense”.

NEWSLETTER

Receba nossas notícias em seu e-mail ou celular.

AP - Agência Amapá
Av. Cônego Domingos Maltês, 916, Trem CEP 68901-050 – Macapá / AP – Brasil (96) 98414-1005 - (96) 2101-5800 - gabinete@ageamapa.ap.gov.br
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2017 - 2018 Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá